5 formas de aumentar as vendas no fim de ano

A aproximação do fim de ano é um estímulo para muitas empresas. Neste período, muitas empresas costumam faturar mais, devido a um conjunto de fatores. A chegada do período de férias, as festas de fim de ano e até a injeção do subsídio de Natal na economia são razões para os consumidores se mostrarem mais dispostos a comprar. Então, vale a pena ler as informações úteis que se seguem para aumentar as vendas no fim do ano.

Neste artigo, reunimos cinco conselhos importantes para que possa colocar a casa em ordem e aproveitar os últimos dias do ano para potencializar as vendas. É a altura não apenas de aumentar o volume, mas também o valor médio de cada compra. Estas vendas extras podem fazer a diferença na caixa do mês de janeiro, mês em que naturalmente o consumo cai para a maioria das empresas.

1.     Facilitar o pagamento

Um dos fatores decisivos na compra, independentemente do produto em questão, é o valor dele. Com raras exceções, em geral os consumidores procuram sempre as melhores alternativas ou que apresentem uma boa relação custo-benefício. Sendo assim, é preciso que o lojista saiba trabalhar com as múltiplas possibilidades de pagamento existentes.

Um desconto para o cliente que paga a pronto e em dinheiro é sempre bem-vindo. Se a opção for pelo pagamento a crédito, forneça ao consumidor meios para que ele possa efetuar a compra em várias mensalidades. Em todas as opções deve considerar as margens de lucro e os juros de acordo com o período em questão. O que não pode fazer é dificultar a venda por não conseguir oferecer condições de pagamento flexíveis.

2.     Bom atendimento

Há muitos consumidores que passam o ano a poupar dinheiro e, no fim de ano, passam pelas lojas para fazerem as suas compras. Estes clientes costumam ser mais conscientes nas suas compras e também mais exigentes. Para eles – assim como para os demais – devem disponibilizar um atendimento especial e isso só será possível com treino.

Os vendedores da loja devem estar preparados para responder às dúvidas dos clientes bem como para indicar as melhores opções entre um produto e outro. Mesmo os vendedores contratados temporariamente devem receber instruções suficientes para não comprometerem o atendimento.

3.     Planeamento do stock

Tendo em consideração a quantidade de produto vendida no mesmo período do ano anterior ou nos últimos meses, é possível fazer uma estimativa das vendas para o último mês do ano. Pensando nisso, este é o momento de ser proativo com os fornecedores e tentar obter um desconto pela compra de um volume maior de mercadoria.

Obviamente, deve ser feito com bastante cautela, pois a última coisa que se quer são produtos em stock na loja – o que significa capital parado. Porém, em muitas circunstâncias, torna-se evidente que haverá aumento nas vendas de um determinado item e essa característica pode e deve ser usada a seu favor aquando da negociação.

4.     Prazos de entrega

Aqueles que fazem compras no fim de ano muitas vezes têm um objetivo claro em mente: dar prendas aos amigos e familiares. Se gere algum tipo de negócio cujas vendas são online, saiba que é de extrema importância ficar atento ao calendário para que os produtos cheguem antes do Natal.

Tenha também em conta que este período costuma ser bastante atarefado para os Correios, pois o número de encomendas sobe consideravelmente. Assim, tenha em mente alternativas imediatas em transportadoras para poder suprir as necessidades dos clientes. Não os deixe ficar mal no momento em que mais precisam.

5.     Publicidade e promoções

O período de fim de ano é um dos momentos onde mais ocorrem as chamadas ‘compras por impulso’. Por terem dinheiro nas mãos, os consumidores sentem-se tentados cada vez que vêem uma oferta. Portanto, a mensagem precisa de chegar aos clientes, de preferência mostrando as suas ofertas e as suas vantagens.

Com a equipa de marketing e publicidade, prepare algumas promoções especiais para o fim de ano e divulgue-as nas redes sociais. Algumas empresas optam pela estratégia de criar chamarizes – produtos vendidos quase a preço de custo, mas que estimulam o cliente a comprar alguma coisa a mais. Nalguns casos, reduzir o valor do produto pensando no ganho em volume é uma ótima estratégia.

Para receber mais informações preencha o formulário de contacto ou ligue: 22 018 3506.


 
Termos e Condições

Sim, li e concordo com a Política de Privacidade.