PSD2 – A revolução do pagamento eletrónico

PSD2 – A revolução do pagamento eletrónico Destaque

Em vigor desde setembro de 2019, a PSD2 – Payment Services Directive é a diretiva da União Europeia que vem revolucionar os serviços de pagamento. Com esta diretiva a UE procura contribuir para a criação de um mercado único de serviços de pagamento no território europeu, introduzindo em definitivo o open banking.

Agora, com a entrada em vigor da diretiva PSD2, os bancos são obrigados a possibilitar que o seu sistema consiga comunicar com o de outras organizações. Ou seja, têm de disponibilizar aquilo a que se chama de API – Application Programming Interface – que permite, com a devida autorização do utilizador, que as plataformas e aplicações de terceiros acedam aos dados bancários necessários para trabalharem diretamente com a plataforma.

Algumas vantagens da PSD2:

  • Maior rapidez nos pagamentos: os pagamentos online passam a ser creditados em apenas alguns segundos na conta do fornecedor do produto ou serviço

  • Mais concorrência: a PSD2 deverá impulsionar a concorrência entre os diferentes prestadores de serviços o que, consequentemente, reduz os custos para os clientes

  • Integração com a loja online: já não será necessário sair do site onde se encontra para realizar o pagamento

  • Reforço da segurança: a certificação obrigatória dos prestadores de serviços de pagamento significa um menor risco de fraude para os consumidores e comerciantes

  • Consulta de detalhes: pode consultar detalhes como contas de pagamento, saldos ou histórico de transações

  • Disponibilidade de fundos: permite verificar, em tempo real, se uma conta tem um determinado montante disponível para poder realizar um pagamento

O que é o sistema de autenticação forte?

Em termos práticos a diretiva PSD2 exige que sejam adaptadas novas medidas de segurança, no momento em que o consumidor finaliza uma operação financeira ou acede a contas bancárias e onde o reconhecimento é baseado na combinação de, pelo menos, dois factores:

“Algo que sabe” (Conhecimento)

Algo que apenas o utilizador conhece, por exemplo uma palavra passe, um código ou um número de identificação pessoal.

“Algo que tem” (Posse)

Por exemplo, o telemóvel para onde pode ser remetido um código temporário, um cartão matriz,…

“Algo que é” (Inerência)

Uma característica pessoal (a impressão digital, a face, a voz,…

Veja aqui o guia sobre a autenticação forte

Para receber mais informações preencha o formulário de contacto ou ligue: 22 018 3506.


 
Termos e Condições

Sim, li e concordo com a Política de Privacidade.